13.9.10

desunião

hoje tive aula no curso que estou fazendo de formação em vinyasa yoga e para embasar o tema foi abordado o significado da palavra yoga. em suma quer dizer união, comunhão, então, neste sentido, passamos a tarde toda falando de união e muito contra qualquer expectativa que eu pudesse ter criado em relação ao curso, saí de lá com uma sensação de solitude, incompletude, desconexão...
a aula terminou às 17:30hs e atravessei o espaço onde estava sendo dado o curso e vi que chovia muito. chovia e fazia frio. saí pelo portão e fui andando na calçada em direção ao ponto de ônibus. neste momento, olhei ao redor, levemente para cima e eram prédios, carros, árvores e pessosas andando de um lado para outro. não parecia haver nenhum sentido em nada daquilo! pensei com grande espanto: nossa, que estranho, porque esta sensação agora?
sou do rio de janeiro mas estou morando no rio grande do sul. neste final de semana estou em porto alegre por conta do curso. o cenário que se configurava naquele momento parecia-me familiar, foi quase um deja vu: a paisagem, eu não reconhecia e não me trazia nenhuma referência; a noção de lar parecia algo de um reino muito distante; aquele frio me fazia contrair e isso bloqueava o fluxo e eu só podia desejar profundamente voltar para casa...