22.6.16

Vida Maria - padrões que se perpetuam

Por meio desse curta podemos refletir sobre a questão dos padrões culturais, sociais e familiares.
A natureza da criança é cheia de sonhos e fantasias e os padrões, aos poucos vão a encaixotando... Esses padrões tornam aparentemente mais fácil a conexão do sujeito à sociedade, portanto sabe-se que, ao mesmo tempo em que vai se inserindo em uma cultura, o sujeito tem também a oportunidade de modificá-la. 
O curta retrata a continuidade de uma triste realidade que se estende por gerações, e é justamente isso que faz com que se assuma uma postura crítica em relação a transmissão desse padrão. É fundamental estarmos conscientes (cientes de nós mesmos) para verificarmos internamente (em nossa essência) como nos colocarmos diante de tais padrões, se eles nos representam ou não. Apenas desta forma, podemos fazer a escolha de segui-los ou quebrá-los, saindo da repetição mecânica que nos leva à dor e ao sofrimento, pela falta da gerência de nós mesmos. Enjoy!! :)