3.7.09

aceitação

aceitar. a-cei-tar. respiro fundo. concentro-me no processo da respiração. iiiiinspiiiiiro profuuuuundo e percebo o ar sendo conduzido até a altura do umbigo. é uma inspiração profunda tanto quanto os ensinamentos que temos para receber da vida. a inspiração é o primeiro contato que você faz com o mundo. enquanto você inspira pode se concentrar em aceitar e receber o que tem por vir.
mas aceitar não é simplesmente sacudir a cabeça fazendo um movimento positivo, é muito, muito mais do que isso! aceitar é permitir que as manifestações se aproximem de você, envolvê-las em amor e deixar que se registrem no seu coração. é um processo grande, imenso, que pode te fazer crescer e se abrir pro mundo e que realmente requer a participação do seu corpo e de você, por inteiros!
aceitar, numa situação, é não fazer o movimento inverso, não arrastar corrente, não se debater. não ir de encontro a algo com uma cavalaria inteira, pronta pra lutar, deixando-se dominar pelo ego e pela emoção. tomada por um rompante de caprichos e ilusões. é poder se dar tempo de perceber, de conhecer e identificar o que existe por detrás da aparência. o que é real e qual é o ensinamento. aceitar numa situação é identificar com o que você está se relacionando, entrando em contato e qual é a chave que tal coisa ou momento estão acionando, fazendo emergir, vir à tona. tomar essas questões no braço, acolhê-las e nutrí-las com o discernimento e a sabedoria que só a consciência do entendimento deste próprio momento poderão lhe proporcionar.
aceitar, numa relação é, por exemplo, compreender o limite do outro, mas não por imposição de regras de boa convivência, mas porque seu coração se abre e você se coloca no lugar da outra pessoa e consegue entendê-la com compaixão. rega com amor. seja o que for. rega com amor e permite que o que for se manifeste e que seja para o bem. se preciso for você rega com amor e com amor permite que siga seu próprio caminho, conduzindo-o, se preciso for, pela compaixão e com amor. se for para que permaneça você rega com amor para que tudo possa se renovar e que o amor possa sempre ser a linha que delimita o seu caminhar. dá as mãos e segue junto, unificado, lado a lado, na mesma trilha e no mesmo trilhar.
e para mim aceitar é isso. pois a vida flui em torno de relacionamento e relação. seja que relacionamento for, com o que ou quem for, seja em que relação você estiver, resta aceitar. aceitar. aceitar.